Acadêmica do curso de Educação Física atua no Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica (PIPA)

Notícia

Acadêmica do curso de Educação Física atua no Programa de Incentivo à Pesquisa Acadêmica (PIPA)

14/07/2021


Sob orientação da professora Regina Borini, a acadêmica Beatriz Eckert, 6º módulo do curso de Educação Física, está desenvolvendo uma pesquisa que tem por objetivo avaliar o nível de atividade física e o índice de massa corporal em adolescentes escolares do Ensino Médio em tempos de pandemia. 

Entende-se que a adolescência é um período crítico para o desenvolvimento e estabelecimento de comportamentos e atitudes que tendem a ser mantidos na vida adulta. O estudo está sendo desenvolvido no Coltec, e fornecerá subsídios para o planejamento e desenvolvimento de programas de intervenção para promoção e educação em saúde, contribuindo para um estilo de vida mais ativo e saudável.

Atualmente, destaca-se nas Diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) para atividade física e comportamento sedentário, que adolescentes realizem pelo menos 60 minutos por dia de atividade física de moderada a vigorosa intensidade ao longo da semana, incluindo atividades aeróbicas e de força muscular.

Em adolescentes, a atividade física proporciona benefícios para os seguintes desfechos de saúde: melhora da aptidão física (aptidão cardiorrespiratória e muscular), saúde cardiometabólica (pressão arterial, dislipidemias, glicose e resistência à insulina), saúde óssea, cognição (desempenho acadêmico e função executiva), saúde mental (redução dos sintomas de depressão) e redução da adiposidade.


por: AgexCom