Notícia

Caixa Econômica Federal prorroga mais uma vez prazo de inscrições do Fies

30/04/2009



Os acadêmicos que não têm condições de arcar com o total das despesas de mensalidades do curso superior, têm mais uma chance para se inscreverem no Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições foram prorrogadas, mais uma vez, até o dia 15 de maio. O Fies é voltado para estudantes regularmente matriculados em Instituições de Ensino Superior (IES) não-gratuitas, avaliadas com conceito Exame Nacional de Desempenho Estudantil (Enade) igual ou superior a três, cursos não-avaliados e sem conceito. Os estudantes podem-se inscrever no site da Caixa Econômica Federal (CEF), no qual também pode fazer uma simulação do financiamento pretendido, antes da inscrição.
Com o financiamento, os acadêmicos adiam parte do pagamento das mensalidades do curso superior para depois que estiverem formados. Enquanto cursa a ensino superior, o beneficiado se compromete a pagar, a cada três meses, parcelas de juros com valor de, no máximo, R$ 50 - dependendo do valor da mensalidade -, que vão sendo abatidos do saldo devedor. A taxa de juros é fixa, 6,5% ao ano, para os cursos da Uniuv.
O financiamento começa a ser amortizado após a formatura, com carência de seis meses. Nos doze primeiro meses, a prestação será igual ao valor equivalente à parcela que não era financiada pelo Fies no último semestre em que utilizou o financiamento, ou seja, o mesmo valor que o estudante já desembolsava para a IES. Numa segunda fase, o saldo devedor é dividido em prestações iguais, por um prazo de uma vez o período de utilização. Por exemplo, um curso de quatro anos, que tenha sido financiado desde o primeiro semestre, vai gerar, após sua conclusão, prestações durante quatro anos.
O processo do Fies é, em grande parte, informatizado, desde o cadastro da IES até as entrevistas. Por isso, o presidente da comissão de avaliação do programa, na Uniuv, professor Odelir Dileto Cachoeira, alerta aos interessados que, além de ficarem atentos ao prazo de inscrição, acompanhem o cronograma, e cumpram com cuidado todas as fases do processo.
O Fies existe desde 1999 e é um programa do MEC destinado a financiar a graduação no Ensino Superior de estudantes que não têm condições de arcar integralmente com os custos de sua formação. De acordo com dados do MEC, nesses cinco anos de criação o Fies proporcionou o acesso de mais de 500 mil estudantes ao Ensino Superior, com aplicação de recursos no valor de R$ 4,6 bilhões entre contratações e renovações semestrais.
Mais informações
(42) 3522-1837


por: UNIUV